quinta-feira, 7 de maio de 2009

Lei da compensação


No mesmo dia abre em Portugal o maior centro comercial da Península Ibérica e sai para a rua um novo diário, o I, dirigido por um dos melhores jornalistas com quem trabalhei, Martim Avillez Figueiredo, e onde tenho alguns amigos. Num país onde a comunicação social se comporta com a lógica de um centro comercial, espero e acredito que o I seja mais que um reality show sobre a vida das celebridades ou uma lista desinteressante de notícias de agência.

Hoje nasce mais uma catedral ao nosso deslumbramento pelas montras das lojas e restaurantes franchizados. Mais do mesmo, mais do que tivemos nos últimos 20 anos. Mas hoje nasce também um jornal com ambições de explicar este mundo obeso no cérebro e vontade de estimular o exercício do mesmo.

O slogan do novo jornal: i num instante tudo muda. Esperemos que sim, mesmo que demore mais que um instante.

2 comentários:

Clara disse...

um jornal sem secção de cultura e que continua a ter coisas de futebol sem haver uma notícia real... não é um jornal verdadeiramente inovador. mas, em geral, parece-me que tem várias coisas boas. tenho de ler com mais atenção.

Teresa Queiroz disse...

o jornal vou querer ver.... mas só o jornal o resto não por favor

gostei de passar por aqui


:)