domingo, 12 de outubro de 2008

Viver todos os dias não cansa


Comi um cornetto de morango. Bebi. Fumei. No jardim, de noite, sem mais ninguém, olhei paras as luzes amarelas dos candeeiros públicos e, talvez porque o meu corpo cedeu ao encanto da maresia e do silêncio, decidi que ia ser uma pessoa melhor. Não foi preciso muito tempo para dar-me conta de quantas vezes já tinha tomado essa decisão.

7 comentários:

Mónica disse...

:D recaídas hemmmmm

Eduarda disse...

conheço o sentimento... e cheira-me que não será a ultima vez... tomar a decisão é quase facil ... po-la na prática não só é outra conversa como é muitA dificillll!!!!

raspberry stain disse...

eu decidi que ia procurar outro emprego, fazer qualquer coisa de util, grow my own veg, comprar um armario, tirar as roupas do chao.

sao 23:11 de domingo. tenho mais 10 horas de turno da noite pela frente. as roupas ainda estao no chao.

Joao Tordo disse...

Quantas vezes, em quantos lugares, me aconteceu precisamente o mesmo...chama-se "ter uma epifania" solitária.

Babe disse...

... e ainda, a eterna luta.

moral
nome feminino
1. conjunto dos costumes e opiniões de um indivíduo ou de um grupo social respeitantes a comportamento
2. conjunto de normas de conduta consideradas mais ou menos absoluta e universalmente válidas
3. FILOSOFIA domínio da filosofia que se ocupa dos problemas relativos à conduta do homem na sua vida pessoal e na sua vida social
4. teoria, geralmente considerada normativa, do dever e do bem
5. tratado sobre o bem e o mal
6. sistema particular de ética (estóica, cristã, kantiana, existencial, etc.)

(Do lat. morále-, «relativo aos costumes»)

ética
nome feminino
1. FILOSOFIA disciplina que procura determinar a finalidade da vida humana e os meios de a alcançar, preconizando juízos de valor que permitem distinguir entre o bem e o mal
2. princípios morais por que um indivíduo rege a sua conduta pessoal ou profissional; código deontológico
3. moral
4. ciência da moral

(Do gr. ethiké [epistéme], «a ciência relativa aos costumes», pelo lat. ethìca-, «id.»)

in http://www.infopedia.pt

Hugo Gonçalves disse...

cara babe, obrigado pelas definições. sou então mais ético que moral, ou assim desejaria eu ser.

stranger disse...

Quantas vezes não me encontro tb a comer um cornetto, ou apenas a beber uma bebida qualquer e a fumar uns quantos cigarros... sozinha, naquele jardim! E as conclusões são sempre as mesmas, a solidão, a alegria de viver e a vontade de me querer tornar uma pessoa melhor!
Talvez sejam estes momentos que nos fazem sorrir e avançar com mais animo! ;)